Outubro Rosa: entenda como a campanha contra o câncer pode cair no vestibular

Conhecido globalmente como mês de ações afirmativas para a precaução e diagnóstico de doenças mamárias, o Outubro Rosa corrobora com o serviço de informar a sociedade a respeito do câncer.


O movimento internacional teve marco inicial nos Estados Unidos (EUA), como um símbolo da campanha elaborada pela Fundação Susan G. Komen, em 1990, que distribuiu laços rosas pela primeira vez em uma corrida pela cura do câncer que aconteceu na cidade de Nova York. O mês de outubro foi reconhecido como símbolo oficial da campanha em 1997, após o Congresso Americano estabelecer esse mês como o nacional de prevenção do câncer de mama. Assim, sendo possível a ascensão global do movimento que ganhou força e espalhou-se por todo o planeta.


Deve-se salientar que por se tratar se um movimento social de relevância mundial, o Outubro Rosa pode ser abordado de diversas maneiras em questões vestibulares. Para além dos conhecimentos biológicos, a campanha de prevenção ao câncer de mama integra diretamente aspectos da sociedade, cultura, cidadania, movimentos sociais, política, estado e governo na funcionalidade da sociedade contemporânea. Por isso, convém revisar os assuntos dessa campanha Outubro Rosa e fazer conexões com as demais disciplinas. Afinal, os pontos dessas questões podem garantir o acesso para a tão sonhada vaga na universidade.

O Galt Vestibulares é um parceiro na conscientização para o controle do câncer de mama e reforça a importância de compartilhar informações sobre o câncer de mama e câncer do colo do útero, promovendo a conscientização sobre as doenças, proporcionando maior acesso aos serviços de diagnóstico e contribuindo para a redução da mortalidade social. Mais informações sobre doações, serviços e funcionalidades da campanha Outubro Rosa podem ser obtidas através do Instituto Nacional de Câncer.



35 visualizações0 comentário